Como imprimir uma foto: um guia completo para obter impressões de qualidade

Conteúdo

Guia completo para obter impressões de qualidade

Imprimir fotos antigas pode ser uma ótima maneira de preservar e relembrar memórias preciosas com amigos e entes queridos.

E imprimir suas fotos favoritas em casa parece bastante fácil – basta colocar o papel na impressora e clicar em imprimir, certo?

Bem, na verdade não. Entre encontrar a impressora certa, escolher a melhor papel de foto tipo, calibrar seu monitor e descobrir a resolução e as dimensões corretas para usar, há muitos fatores que entram na impressão de fotos.

Neste guia, abordamos todos os fundamentos da impressão de suas próprias fotos. No final, você deve saber como imprimir fotos de alta qualidade no conforto da sua casa!

E se você chegar ao final deste artigo e decidir que prefere apenas encomendar impressões, nós o cobrimos. No Image Restoration Center, oferecemos impressões fotográficas com qualidade de estúdio para todos os nossos clientes de restauração.

Não somos como 'outros' serviços de restauração de fotos.

Leve em consideração que, ao contrário de outros serviços de restauração de fotos, nós não apenas corrija o óbvio problemas e filtramos tudo – vasculhamos suas imagens pixel por pixel para reparar danos e criar um perfeito restauração de suas impressões!

Escolhendo a impressora fotográfica certa

Guia completo para obter impressões de qualidade

Encontrar uma boa impressora fotográfica é talvez o aspecto mais importante da impressão de fotos. Ao comparar máquinas, você deve considerar os seguintes fatores:

Jato de tinta vs sublimação de tinta

Existem três tipos principais de impressoras: jato de tinta, sublimação de tinta, e laser. Para imprimir fotos, é melhor usar jato de tinta ou sublimação de tinta, pois as impressoras a laser de baixo a médio alcance funcionam melhor para impressão de documentos.

Impressoras a jato de tinta funcionam pulverizando pequenas gotas de tinta do bico do cartucho enquanto o cartucho se move pela página. Embora esses tipos de máquinas sejam eficientes em termos de uso de tinta, elas não produzem as impressões fotográficas mais impressionantes. Se você olhar de perto o suficiente para uma imagem produzida por uma impressora a jato de tinta, poderá distinguir os diferentes pontos coloridos que formam a foto – semelhante ao funcionamento de uma tela de computador.

Por outro lado, um impressora de sublimação usa uma fita de filme transparente que é incorporada com corantes sólidos nas cores ciano, magenta, amarelo e preto. Quando a cabeça de impressão aquece, o corante vaporiza e é transferido para o papel. À medida que o corante se solidifica novamente, ele forma uma foto colorida clara, não muito diferente de uma fotografia de filme processado quimicamente. O método de sublimação geralmente adiciona uma camada brilhante e transparente para proteger a tinta de manchas.

Se você quiser impressões de fotos de alta qualidade que pareçam ter saído de um laboratório fotográfico, escolha uma impressora de sublimação. No entanto, as impressoras de sublimação consomem mais tinta e requerem papéis especialmente revestidos.

Tamanho da impressão

A maioria das impressoras domésticas suporta fotos ou documentos de até 13 polegadas de largura. Eles devem ser bons o suficiente para imprimir fotos que variam de 4R (4×6) a 8R (8×10). Se você deseja imprimir fotos maiores, como pôsteres e decoração de parede, pode encontrar impressão de grande formato máquinas que podem atingir 17 polegadas de largura e além.

Imaginando como escolher o melhor tamanho de impressão? Escrevemos um artigo sobre isso aqui.

Conectividade

Se você quiser imprimir fotos do seu telefone ou iPad, precisará de uma impressora que possa imprimir sem fio. Felizmente, é muito mais fácil imprimir fotos nas máquinas atuais, pois elas geralmente vêm com conexões de rede Wi-Fi integradas, Bluetooth ou até mesmo com seus próprios aplicativos para facilitar o acesso.

Mas, antes de comprar uma impressora, verifique se a máquina que você está considerando é compatível com seu telefone. Para usuários do iPhone, você precisa garantir que sua impressora seja compatível com AirPrint. Para aqueles que usam dispositivos Android, você pode tentar se conectar via Wi-Fi ou Near Field Communication (NFC).

Noções básicas sobre papéis fotográficos e acabamentos

Pode parecer trivial para alguns, mas escolher o tipo certo de papel fotográfico pode afetar não apenas o resultado das fotos, mas também onde e como você pode exibi-las. Aqui estão algumas coisas a considerar ao comprar papéis fotográficos:

Tamanho do papel

A localização da exibição é uma das principais considerações ao decidir o tamanho da foto. Onde você planeja usar suas fotos impressas? Eles serão armazenados em álbuns de fotos, exibidos em uma parede ou apoiados no manto? Para acertar essa parte, meça a área onde deseja exibir suas fotos, e não se esqueça de levar em conta o tamanho do seu molduras também.

Além disso, você precisa pensar no assunto e na composição de suas fotos – close-ups e retratos se saem bem em tamanhos de fotos menores, enquanto paisagens exuberantes, fotos de estrutura e até projetos de colagem são melhor apreciados em grande formato.

Os tamanhos de fotos padrão populares incluíam 4 × 6, 5 × 7, 8 × 10, 11 × 14, 12 × 18 e 16 × 20.

Tipo ou acabamento de superfície

Acabamento descreve a textura do papel fotográfico. Sua escolha de acabamento de fotos pode afetar a aparência geral de suas fotos, bem como sua vulnerabilidade a danos.

Existem seis tipos principais de acabamento: brilhante, cetim, pérola, brilho, metálico, e acabamento fosco.

Lustroso

Esse acabamento resulta em fotos suaves e refletivas. Está entre os acabamentos mais populares porque permite que as imagens “estourem” exibindo pretos profundos e cores vibrantes. Você verá que fotos brilhantes também parecem mais “nítidas”. No entanto, a desvantagem do brilho é que ele pode ser facilmente riscado e manchado. Também é difícil de exibir porque pode produzir brilho quando atingido pela luz ou visto em determinados ângulos.

Fosco

Ao contrário do acabamento brilhante, o fosco não tem absolutamente nenhum brilho. Como resultado, as fotos impressas com acabamento fosco podem parecer planas, opacas e não tão “estruturadas” quanto as impressas com aparência brilhante. No entanto, como as fotos foscas não borram ou produzem brilho com facilidade, elas são a opção preferida para scrapbooking e exibição de fotos profissionais em galerias. O fosco também é uma boa opção para fotos em preto e branco.

Cetim, pérola e brilho

Esses três acabamentos estão em algum lugar no meio do espectro de brilho-fosco. Pérola e cetim são usados alternadamente por diferentes fabricantes de impressões fotográficas para descrever um acabamento semi-brilhante, que não produz tanto brilho quanto as impressões brilhantes. Enquanto isso, Luster tem um brilho sutil e uma textura leve (alguns o descrevem como iridescente), tornando-o uma escolha popular para fotos de casamento.

Metálico

Com um brilho semelhante ao dos acabamentos brilhantes e perolados, as impressões fotográficas metálicas podem parecer quase 3D às vezes. No entanto, ao contrário dos acabamentos brilhantes, o metalizado não produz tanto brilho mesmo em locais com muita luz. Uma grande desvantagem, no entanto, é o preço – os acabamentos metálicos são mais caros, pois exigem mais tempo e mais materiais para serem criados.

Peso e espessura

A maioria das pessoas não considera o peso e a espessura quando pesam suas opções de impressão. Mas como esses dois fatores contribuem para o toque e a durabilidade do papel fotográfico, eles devem ser considerados – especialmente se você estiver imprimindo fotos que serão exibidas sem moldura ou usadas em um álbum de fotos.

O peso é medido em gramas por metro quadrado (gsm), enquanto a espessura é expressa em mils (milhares de polegada). Naturalmente, quanto mais grosso o papel, mais duro e rígido ele será.

Se você deseja imprimir fotos para montagem ou exibição em um quadro, Armação, é melhor ir para 150gsm a 200gsm. Para cartões de felicitações, convites e outros tipos de impressão que são manuseados com frequência, você desejará algo mais durável, como 200gsm a 300gsm.

Outras opções de impressão de fotos

Graças à tecnologia, a impressão de fotos não se limita mais a materiais de papel. Você pode muito bem ter o seu fotos favoritas impresso em todas as superfícies imagináveis, desde telas, livros de fotos e impressões em acrílico, até impressões em madeira, metal e vidro. Lembre-se de que você provavelmente precisará de uma impressora especial de nível profissional para esses tipos de projetos.

Preparando para imprimir fotos

Guia completo para obter impressões de qualidade

Com uma boa impressora e os papéis fotográficos certos em mãos, agora você pode se preparar para imprimir fotos do rolo da câmera. Mas antes de clicar no ícone da impressora, certifique-se de seguir as etapas a seguir primeiro:

Calibre seu monitor

Calibrar um monitor significa garantir que sua tela esteja exibindo os tons e cores corretos. Caso contrário, você não saberá realmente como suas fotos realmente se parecem e encontrará diferenças pequenas a significativas entre as imagens na tela e as fotografias impressas.

Antes de calibrar seu monitor, certifique-se de deixá-lo aquecer na inicialização por cerca de 30 minutos e verifique se você está usando a resolução nativa do seu monitor.

Você pode calibrar a olho usando padrões de teste, mas esta é uma tarefa tediosa e requer muito tempo e foco. Uma maneira mais fácil de fazer isso seria baixar aplicativos de calibração de cores como Calibrize, QuickGamma e W4ZT.

Converter sua imagem para CMYK

Quando você edite suas fotos para impressão, certifique-se sempre de fazê-lo no formato CMYK, pois este é o modo de cor padrão para impressão. RGB, o modo de cor que aparece no seu monitor, tem uma gama de cores diferente do CMYK. Isso significa que, se você fizer alterações em uma imagem (como matiz, tom, brilho e saturação) no modo RGB, ela pode não sair da maneira que você deseja na impressão.

Escolha o DPI Certo

A resolução de impressão, ou a quantidade de detalhes em uma fotografia, é medida em pontos por polegada ou DPI. Escolhendo a resolução de impressão certa fornecerá impressões de fotos de alta qualidade sem qualquer pixelização desagradável. A resolução “ouro” que a maioria dos fotógrafos e designers juram é de 300 DPI.

Corte suas fotos e ajuste a composição

Fotos tiradas com 35mm filme e a maioria das câmeras com sensor ASP-C ou full-frame terão uma proporção de 3:4. Isso é perfeito se você estiver produzindo impressões com tamanho 4 × 6 ou 8 × 12, pois elas têm a mesma proporção – suas fotos sairão sem cortes ou em tamanho cheio. No entanto, se você espera obter fotos impressas em tamanhos como 5 × 7, 8 × 10 ou 16 × 20, pode esperar alguns cortes nos lados mais longos.

Para compensar isso, corte suas imagens em seu aplicativo de fotos ou em seu computador para ajustar a proporção e ajuste a composição enquanto estiver fazendo isso.

Aprimore suas imagens

Por fim, não se esqueça de afiar suas imagens antes de clicar em imprimir. O papel é poroso, então o processo de impressão – especialmente com impressão a jato de tinta – resultará naturalmente em algum sangramento de cor. Assim, as fotos impressas parecem menos nítidas do que as imagens em uma tela.

Para compensar isso, você precisa aumentar significativamente a nitidez de suas imagens antes de imprimir. Quão afiado é afiado o suficiente? A maioria dos fotógrafos e laboratórios de impressão de fotos aconselhará você a afinar suas fotos impressas até o ponto em que elas pareçam quase exageradas no monitor.

A impressão de fotos em casa é a decisão mais prática?

Se você deseja impressões gratuitas ilimitadas (especialmente se estiver fazendo álbuns de fotos) e a conveniência de fazer isso sem precisar sair de casa, sim, pode ser uma decisão prática.

Mas entre comprar uma impressora e papéis fotográficos, recarregar seus cartuchos de tinta e edição e preparar suas imagens digitais, a impressão de fotos em casa também pode ser trabalhosa. Por que desperdiçar seu tempo e dinheiro descobrindo como imprimir suas fotos quando você pode simplesmente enviá-las para nós?

quando nós restaurarmos fotos antigas, geralmente enviamos o arquivo editado diretamente para o e-mail de nossos clientes. Mas, por uma taxa mínima, também fornecemos impressão de fotos de alta qualidade para todos os nossos clientes de restauração. Você não terá que se preocupar com todos os materiais e preparações complicadas envolvidas na impressão de fotos.

Como especialistas em fotografia e restauração de imagens, temos anos de experiência em nosso currículo. Basta deixar suas fotos conosco e você terá impressões com qualidade de estúdio entregues à sua porta o mais rápido possível!

Não somos como 'outros' serviços de restauração de fotos.

Leve em consideração que, ao contrário de outros serviços de restauração de fotos, nós não apenas corrija o óbvio problemas e filtramos tudo – vasculhamos suas imagens pixel por pixel para reparar danos e criar um perfeito restauração de suas impressões!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Emily Hutton

Como fotógrafa, restauradora e designer, Emily não é apenas uma faz-tudo, ela é uma especialista certificada. Ela é uma viciada em tecnologia e o membro mais viciado em tela da equipe de IRC. Quando se trata de análises de produtos, seus insights e recomendações são inigualáveis.

Compartilhe este artigo

Inscreva-se para atualizações semanais

Suas informações de faturamento

Infelizmente seu pagamento falhou. Não conseguimos ver do nosso lado por que seu pedido falhou. Tente novamente ou entre em contato com seu provedor de pagamento.

total de pedidos

ideias de lembrancinhas para o dia das mães

Pacote de predefinições do Lightroom

x1
$54.99

Direitos comerciais

x1
$19.95

TOTAL

$109.93USD

Deseja excluir sua foto enviada?